Comunicado,



O menu não está funcionando por conta de umas mudanças que estou fazendo no blog.

Em breve tudo estará pronto.Aos meus visitantes peço desculpas pelo transtorno porém coloquei um sofá para que todos não se cansem muito.

A partir de agora todas as postagens do Blog "Assado, Cozido ou Cru?" e"Palavras alheias já que minhas não são." estarão neste Blog:

Entre-Laços!
Enfim tudo Azul e ponto.


Oi!

Oi!
Entrem e sintam-se a vontade pra ler, comentar.É sempre uma honra recebê-los.

14/11/2011

Tão verdadeiro e tão igual a mim...


Aqueles que me têm muito amor
Não sabem o que sinto e o que sou...
Não sabem que passou, um dia, a Dor
À minha porta e, nesse dia, entrou.
E é desde então que eu sinto este pavor,
Este frio que anda em mim, e que gelou
O que de bom me deu Nosso Senhor!
Se eu nem sei por onde ando e onde vou!!

Sinto os passos de Dor, essa cadência
Que é já tortura infinda, que é demência!
Que é já vontade doida de gritar!

E é sempre a mesma mágoa, o mesmo tédio,
A mesma angústia funda, sem remédio,
Andando atrás de mim, sem me largar!


 

4 comentários :

  1. Oi amiga tudo bom ? sabe que resolvi fazer essa homenagem ao Rei na apresentação dele em Jerusalém ? Fiquei pensando : Poxa
    já dancei ,já cantei ,me apaixonei varias vezes ouvindo músicas do Roberto .Conheci meu principe ouvindo Roberto ,não posso ficar sem fazer essa homenagem a ele que faz parte da minha adolescencia , minha infância , minha juventude e da minha mocidade .Amo todos mais as que realmente me deixa com lágrimas nos olhos são: Meu Querido Meu Velho Meu Amigo ,lembro muito meu pai ,hoje ele é um espírito de luz , preciso pensar assim e Como é Grande O meu Amor Por Você ,que a música que me emocina nesses 33 anos de casamento .E... VIDA LONGA AO REI ROBERTO CARLOS.Abraços minha amada seja feliz.

    ResponderExcluir
  2. Oi amiga tudo bom ? sabe que resolvi fazer essa homenagem ao Rei na apresentação dele em Jerusalém ? Fiquei pensando : Poxa
    já dancei ,já cantei ,me apaixonei varias vezes ouvindo músicas do Roberto .Conheci meu principe ouvindo Roberto ,não posso ficar sem fazer essa homenagem a ele que faz parte da minha adolescencia , minha infância , minha juventude e da minha mocidade .Amo todos mais as que realmente me deixa com lágrimas nos olhos são: Meu Querido Meu Velho Meu Amigo ,lembro muito meu pai ,hoje ele é um espírito de luz , preciso pensar assim e Como é Grande O meu Amor Por Você ,que a música que me emocina nesses 33 anos de casamento .E... VIDA LONGA AO REI ROBERTO CARLOS.Abraços minha amada seja feliz.

    ResponderExcluir
  3. Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Nayara e cheguei até vc através do Blog Alma de poesia. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir um blog do meu amigo Fabrício, que eu acho super interessante, a Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. A Narroterapia está se aprimorando, e com os comentários sinceros podemos nos nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs





    Narroterapia:

    Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.



    Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

    http://narroterapia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Nayara e cheguei até vc através do Blog Alma de poesia. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir um blog do meu amigo Fabrício, que eu acho super interessante, a Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. A Narroterapia está se aprimorando, e com os comentários sinceros podemos nos nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs





    Narroterapia:

    Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.



    Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

    http://narroterapia.blogspot.com/

    ResponderExcluir