Comunicado,



O menu não está funcionando por conta de umas mudanças que estou fazendo no blog.

Em breve tudo estará pronto.Aos meus visitantes peço desculpas pelo transtorno porém coloquei um sofá para que todos não se cansem muito.

A partir de agora todas as postagens do Blog "Assado, Cozido ou Cru?" e"Palavras alheias já que minhas não são." estarão neste Blog:

Entre-Laços!
Enfim tudo Azul e ponto.


Oi!

Oi!
Entrem e sintam-se a vontade pra ler, comentar.É sempre uma honra recebê-los.

27/04/2010

Canção da Mulher que Escreve

  
"Não perguntem pelo meu poema:
 Nada sei do coração do pássaro
 Que a música inflama.
 Não queiram entender minhas palavras:
 Não me dissequem, não segurem entre vidros





Essas canções, essas asas, essa névoa.
Não queiram me prender como a um inseto. 
Não queiram me prender como a um inseto
No alfinete da interpretação:
Se não podem amar o meu poema, deixem
Que seja só um poema.
(Nem eu ouso ergue-lo entre meus dedos e perturbar sua liberdade)."
Lya Luft
(imagem: Enzzok)


Nenhum comentário :

Postar um comentário